Para os publishers, maximizar a receita de publicidade de seu site é fundamental, mas, ao fazer isso, eles também devem levar em consideração a experiência do usuário. Encontrar o compromisso certo entre esses dois aspectos muitas vezes não é fácil. Como as páginas da web não podem conter um número infinito de anúncios, os publishers devem aproveitar ao máximo seus espaços publicitários existentes, maximizando a receita que cada um deles pode fornecer. Este é o objetivo do smart ad refresh. Nesta postagem do blog, explicaremos o que é o smart ad refresh e como ele funciona, além de fornecer algumas práticas recomendadas úteis para empregar essa técnica em seu site.

Resumo 

O que é ad refresh?

Antes de explicar o que é o smart ad refresh, vamos primeiro ver o que o ad refresh significa em geral. Essa é uma técnica que permite que os publishers recarreguem automaticamente os anúncios de uma página da web com base em acionadores predefinidos, sem recarregar a página inteira. Para cada atualização, um novo anúncio é veiculado no mesmo espaço de anúncio. Graças a essa técnica, os publishers podem, portanto, multiplicar o número de impressões de uma página da web, exibindo mais anúncios para o mesmo usuário em uma única sessão.

Os diferentes tipos de ad refresh

Existem diferentes tipos de ad refresh, dependendo do acionador usado para recarregar os anúncios. A mais tradicional é a “atualização de anúncios baseada em tempo”, onde os anúncios são recarregados após um período de tempo predefinido (geralmente entre 30 e 90 segundos). É importante observar que esse tipo de atualização de anúncio não considera se o usuário está realmente visualizando a página. Por exemplo, o usuário pode ter deixado a aba aberta enquanto visita outro site. Portanto, os anúncios recarregados podem não ser visualizados. Considerando que os anunciantes não estão dispostos a pagar muito por impressões menos visíveis, a atualização de anúncios baseada em tempo não traz necessariamente um aumento de receita de anúncios proporcional ao aumento no número de impressões.

Outro tipo de ad refresh é a “atualização de anúncio acionada por evento”, na qual os anúncios são acionados por alguma atividade do usuário. Por exemplo, os anúncios podem ser recarregados quando o usuário clica em um elemento da página, ou quando rola a página para baixo ou envia informações. Em todos esses casos, como o recarregamento é acionado por uma interação ativa do usuário com a página da web, os anúncios geralmente têm alta visibilidade. No entanto, a atualização de anúncio acionada por evento é usada principalmente em sites ricos em elementos que exigem ações do usuário.

Um terceiro tipo de ad refresh é a “atualização de anúncios baseada na janela de visualização”, que recarrega apenas os anúncios exibidos na janela de visualização (a parte da página que está sendo navegada pelo usuário naquele exato momento). Dessa forma, essa técnica aborda o problema de visibilidade atualizando apenas os anúncios que estão realmente em exibição. No entanto, falta precisão: por exemplo, não se pode detectar se o usuário deixou a guia aberta e está em outro lugar.

Nenhum desses tipos de ad refresh conseguem resolver totalmente o problema da visibilidade das impressões recarregadas. É aí que entra o smart ad refresh.

O que é o smart ad refresh?

O smart ad refresh consiste em um re-carregamento dinâmico dos anúncios: o sistema analisa várias variáveis ​​para prever com precisão se o anúncio está visível naquele momento e atualiza o anúncio apenas se for o caso. Variáveis ​​como cliques, uso do navegador, área visível e tempo gasto na página permitem que o sistema preveja com bastante precisão se o usuário está interagindo com a página da web, portanto, se os anúncios são realmente visíveis. Dessa forma, o smart ad refresh atinge seu objetivo: ou seja, maximizar as receitas de anúncios multiplicando apenas impressões visíveis (as realmente valiosas).

Smart ad refresh, melhores práticas

O smart ad refresh oferece vantagens inegáveis. Mas existem algumas práticas recomendadas que você deve ter em mente se decidir usar essa técnica em seu site. Antes de tudo, você precisa garantir que as redes de anúncios e as ad exchanges com as quais você trabalha ofereçam suporte ao ad refresh: nem todas o fazem, e cada plataforma tem sua própria política sobre o assunto. Se você usa o Google, por exemplo, deve declarar que está aplicando o ad refresh e em quais partes do seu inventário de anúncios, pois o Google permite que os anunciantes decidam se desejam veicular seus anúncios nos espaços recarregados. Não declarar o ad refresh ou fazê-lo de forma inadequada (por exemplo, sem especificar o tipo) é considerado uma violação da política do Google.

Outra prática recomendada e útil é realizar testes A/B para avaliar o impacto real do ad refresh em seu site. Por exemplo, você pode aplicar inicialmente diferentes tipos de ad refresh em partes limitadas do seu site. Em seguida, comparando os resultados em termos de receita com uma configuração de controle, você descobrirá que tipo de ad refresh é mais adequado antes de aplicá-la a todas as suas páginas da web.

O smart ad refresh é útil para o meu site?

Conforme discutido, o smart ad refresh é uma ferramenta útil para maximizar a receita sem adicionar novos espaços de anúncios em seu site. Dessa forma, você não prejudica a experiência do usuário, respeitando seus usuários e incentivando o retorno deles ao seu site no futuro. No entanto, você deve ter em mente que a decisão de usar o smart ad refresh também depende da estratégia de monetização do seu site. Se sua receita vem da venda de anúncios de forma programática, o uso dessa ferramenta faz sentido. Mas se você estiver vendendo anúncios diretamente para anunciantes, geralmente seria melhor maximizar o valor da impressão única mantendo o tempo de exposição do usuário alto.

Além disso, os resultados do smart ad refresh são particularmente eficazes em blocos de anúncios específicos caracterizados por alta visibilidade. Por exemplo, é eficaz em anúncios fixos, unidades que seguem os usuários enquanto eles rolam a página. Testes realizados pela Clickio no ano passado mostram que o smart ad refresh levou a um aumento médio na receita de 34% usando a atualização após 30 segundos em anúncios fixos. Os mesmos testes também mostraram um aumento médio na receita de 43% para blocos de anúncios fixos com tempo médio de exposição superior a 30 segundos.

Concluindo, quando você decidir usar o ad refresh, é aconselhável contar com um parceiro de tecnologia que saiba avaliar os benefícios reais dessa ferramenta com base em seu website e inventário específicos e que possa determinar a melhor maneira de implementá-la em seu site. O serviço de monetização da Clickio oferece um gerenciamento inteligente e automatizado do layout de anúncios do seu site, projetado para maximizar suas receitas respeitando a experiência do usuário e as políticas do Google e de outras redes de anúncios. Contacte-nos se quiser saber mais.

Concluindo, quando você decidir usar o ad refresh, é aconselhável contar com um parceiro de tecnologia que saiba avaliar os benefícios reais dessa ferramenta com base em seu website e inventário específicos e que possa determinar a melhor maneira de implementá-la em seu site. O serviço de monetização da Clickio oferece um gerenciamento inteligente e automatizado do layout de anúncios do seu site, projetado para maximizar suas receitas respeitando a experiência do usuário e as políticas do Google e de outras redes de anúncios. Contacte-nos se quiser saber mais.