Apesar de muitos publishers se concentrarem nas taxas de CPM, a estatística mais importante para medir o desempenho geral da publicidade em seu site é o RPM de sessão. Neste artigo, explicamos o que os publishers podem fazer para aumentar o RPM de sessão e impulsionar sua receita com publicidade gráfica.

Índice

O que é RPM de sessão?

Como explicamos neste post anteriormente, RPM significa “revenue per mille” (mille significa mil em latim) ou, em português, “receita por mil”. O RPM de sessão, portanto, é a receita gerada para cada 1.000 sessões no seu site. Essas sessões são mais ou menos equivalentes a visitas – uma sessão é tudo o que um usuário faz no seu site até sair ou ficar inativo por pelo menos 30 minutos.

O RPM de sessão é uma das melhores formas de medir a eficácia geral de sua configuração de publicidade, pois, diferentemente do eCPM, ele considera a receita total gerada por um usuário que visita seu site.

Sendo assim, o que você pode fazer para aumentar seu RPM de sessão? A seguir, apresentamos seis ideias para você considerar.

1. Aumente a visibilidade do anúncio

Não importa quantos anúncios você coloque na página: se eles tiverem baixa visibilidade (ou seja, apenas uma pequena parte aparece na tela ou eles não ficam visíveis por tempo suficiente), é improvável que os usuários cliquem neles, e os anunciantes não pagarão muito pelas impressões.

Nesse caso, certifique-se de ter blocos de anúncios que possam ser exibidos na primeira parte visível do seu site (“above the fold”), de modo que o usuário não tenha que rolar para baixo para vê-los. Você também pode considerar a implementação de blocos de anúncios fixos, que continuam visíveis enquanto o usuário rola a página para baixo.

Você pode conferir mais orientações sobre como melhorar a visibilidade do anúncio neste post.

2. Conecte-se com mais parceiros de demanda

Se você está confiando em uma única plataforma de anúncios, como o Google AdSense, pode estar perdendo lances mais altos dos anunciantes. Implementar o header bidding permite que você ofereça seu inventário de anúncios para várias trocas simultaneamente, aumentando a concorrência, o que pode ajudar a aumentar suas receitas de publicidade.

Trabalhar com um Parceiro Certificado para Publicação do Google – como a Clickio – possibilita que você se conecte com vários parceiros de demanda premium por meio do header bidding, bem como do server-to-server bidding e do open bidding, usando o Google Ad Manager.

3. Use a atualização automática de anúncios

A atualização de anúncios (smart ad refresh) recarregará automaticamente os anúncios na mesma posição após um determinado período de tempo ou após um acionador específico, como o usuário rolando a página para baixo. Isso significa que você pode obter mais impressões – e potencialmente mais receita – com o mesmo inventário de anúncios.

Contudo, é importante verificar se as redes de anúncios com as quais você trabalha permitem smart ad refresh e configurá-lo da forma correta para evitar a redução de visibilidade. Afinal, se for atualizado depois que o usuário já tiver passado por ele, é improvável que o anúncio seja visto. O smart ad refresh leva em consideração diversos fatores para determinar quando um anúncio deve (ou não) ser recarregado para maximizar as impressões e, ao mesmo tempo, manter uma visibilidade alta.

4. Aumente a velocidade do seu site

Você pode ter o melhor conteúdo, mas, se o seu site não carregar rápido o suficiente, os visitantes não se darão ao trabalho de permanecer na página e ler alguma coisa. De fato, de acordo com o Google, 53% dos visitantes saem de um site móvel se ele demora mais de três segundos para carregar. E mais: um site lento, onde anúncios ou imagens são carregados com atraso, pode provocar mudanças repentinas no layout. Isso não apenas incomoda os usuários, mas também pode levar a cliques acidentais e penalidades do Google, o que reduzirá sua receita.

Você pode verificar a velocidade do seu site e identificar possíveis problemas usando a ferramenta Page Speed Insights. Preste atenção especialmente em seus Core Web Vitals, as principais medidas de experiência do usuário do Google que afetam as classificações de pesquisa. Se algum deles não estiver em conformidade, vale a pena configurar o monitoramento de usuários reais para ajudar a identificar onde estão os problemas e checar sua conformidade ao longo do tempo.

Mais dicas para aumentar a velocidade do seu site:

  • Evite tarefas longas de Javascript, que podem causar alguns dos problemas mais comuns de desempenho do site
  • Empregue o carregamento lento (lazy loading), para que anúncios e outros elementos pesados – como imagens grandes – sejam exibidos apenas quando forem necessários, conforme o usuário rola a tela para baixo
  • Use uma CDN (Content Delivery Network) global. Desse modo, os dados em cache do seu site serão entregues mais perto de onde seus visitantes estão e, por consequência, as páginas serão carregadas mais rapidamente.

5. Melhore a navegação do site

Uma estratégia essencial para aumentar seu RPM de sessão é estimular seus visitantes a passarem mais tempo no seu site, visualizando mais conteúdo. Embora isso dependa em parte da qualidade do seu conteúdo, também é verdade que, se seus leitores não encontram o que desejam, é mais provável que eles saiam.

Sendo assim, escolha cuidadosamente o layout do seu site, pense sobre como você categoriza seu conteúdo e o que acontece quando um usuário chega ao final de um artigo. Recursos como a rolagem infinita (novos artigos continuam a carregar conforme o usuário vai rolando a tela) e a rolagem instantânea (os usuários podem pular para o próximo artigo com um toque rápido na tela do celular) costumam ajudar a aumentar o tempo de permanência no site consideravelmente. Ao mesmo tempo, mostrar outros artigos relacionados na parte inferior de um conteúdo específico também pode funcionar bem para aumentar o RPM de sessão.

6. Junte-se a Clickio

Como vimos, existem diversos fatores que podem afetar o RPM de sessão, e obter a combinação ideal para o seu site pode envolver muitos testes e melhorias técnicas. Se você prefere se concentrar no seu conteúdo, trabalhar com um Parceiro Certificado para Publicação do Google – como a Clickio – pode ser a resposta.

A plataforma com tecnologia de inteligência artificial da Clickio facilita a conexão com vários parceiros de demanda premium em um único lugar. Ela testa constantemente uma variedade de layouts, posicionamentos e configurações de anúncios para encontrar a combinação mais lucrativa, e um gerente de conta pessoal trabalhará junto com você para obter a melhor configuração de anúncios para seu site.

Os publishers da Clickio também podem acessar ferramentas de desempenho do site, como o Prism, nosso modelo móvel cloud-based, o que ajuda a aumentar a velocidade do site e adiciona recursos de navegação semelhantes a aplicativos. De fato, os publishers que usam o Clickio Prism obtêm em média 45% mais tempo no site e um aumento de 59% no RPM de sessão.

Clique aqui para se cadastrar agora na plataforma Clickio ou entre em contato para mais informações.