Nos últimos anos, muitas regras e padrões foram introduzidos para criar um melhor ecossistema de publicidade digital. Um deles é o sellers.json. Nesta postagem do blog, aprenderemos o que é sellers.json e quais ações os publishers devem realizar em relação a este padrão.

Resumo

 O que é sellers.json?

Sellers.json divulga informações sobre o relacionamento entre vários participantes no mercado de publicidade programática, em particular entre SSP (Supplier Side Platforms) ou revendedores e exchanges e seus publishers. A ferramenta foi introduzida pelo Internet Advertising Bureau (IAB) em julho de 2019 para aumentar ainda mais a transparência do ecossistema digital.

Enquanto o arquivo ads.txt indica quais empresas estão qualificadas para vender o inventário do site, o arquivo sellers.json publica uma lista de todos os parceiros revendedores de SSP autorizados. Tanto a SSP quanto os publishers se beneficiam, pois o arquivo torna as informações dos vendedores transparentes e acessíveis, contribuindo assim para um ecossistema digital sustentável.

Como o sellers.json funciona?

Sellers.json é extremamente fácil de acessar. Tudo que você precisa fazer é adicionar “/sellers.json” ao domínio do site da rede SSP na barra de endereço do navegador, por exemplo, “https: // {advertising_system_domain} /sellers.json” e é isso.

De acordo com as especificações, o sellers.json deve incluir campos obrigatórios, como ID do vendedor e o tipo de vendedor, e divulgar o nome da empresa e o nome de domínio da empresa se a identidade do vendedor tiver sido escolhida para ser transparente. Compilar o arquivo seller.json é necessário para cada rede de publicidade (SSP) listada no arquivo ads.txt dos publishers.

Por que é importante?

Nos últimos anos, membros do ecossistema programático testemunharam inúmeras atividades fraudulentas, como “falsificação de domínio” e revenda não autorizada de inventário de anúncios. À medida que o mercado programático cresce, torna-se mais importante garantir a transparência e a confiabilidade das transações entre todos os participantes.

Sellers.json vai um passo além ao fornecer maior visibilidade a todos os envolvidos no marketing programático: publishers, anunciantes e ad networks.

Do ponto de vista dos anunciantes, o padrão os ajudará a determinar mais facilmente a confiabilidade dos parceiros envolvidos nas transações e a filtrar participantes não confiáveis. Os publishers também se beneficiam: como o arquivo sellers.json está disponível publicamente, os publishers podem verificar facilmente quais redes de anúncios afirmam ter um relacionamento com eles. Porém, o mais importante é que o padrão fortalece a regulamentação para o lado SSP do mercado, introduzindo padrões mais rígidos e maior transparência. Alguns DSPs já indicaram que irão restringir suas compras de anúncios a ad networks que fornecem arquivos sellers.json. Uma ad network sem um arquivo sellers.json pode ser excluída por um número crescente de compradores em potencial, o que pode impactar negativamente a receita de anúncios de seus parceiros.

Quais ações os publishers devem realizar?

O padrão sellers.json visa principalmente ad networks (SSPs), portanto, há relativamente pouco que os publishers precisam fazer. No entanto, é altamente recomendável que os publishers tornem o nome da empresa e o domínio do negócio transparentes. Isso ajudará os anunciantes a reconhecer seu inventário de anúncios como confiável e a certificar sua autenticidade. Se suas informações não forem transparentes, os anunciantes não poderão ver seu nome, o que pode afetar sua receita.

Os publishers da Clickio podem tornar seus detalhes transparentes de dentro da plataforma da Clickio. As instruções sobre como fazer isso podem ser encontradas na Knowledge Base.